BIOCENTRISMO

Depois de minha busca incessante de entender como a dinâmica natural da vida estrutura, funciona e determina o desfecho de todos

os acontecimentos ocorridos no mundo humano e no planeta terra, eu cheguei ao Biocentrismo.

Na minha visão o Princípio Biocêntrico proposto na Biodança pelo chileno Rolando Toro é muito sábio, quando ele afirma efetivamente em seu enunciado que:

A vida no planeta terra, está apoiada no biológico e que são as vivências que essa vida permite, que constroem a existência e a evolução de todos os sistemas viventes no ecossistema terrestre;

As necessidades da vida in natura no planeta terra, prevalecem sempre sobre as necessidades propostas pela vida in cultura desenvolvida no mundo humano;

A vida do nosso planeta deve ser compartilhada por todos os sistemas aqui viventes.

A humanidade deve mudar radicalmente sua sensibilidade e consciência frente ao valor, do que é natural no mundo humano e no planeta terra;

Os seres humanos no planeta terra devem se tornar cada vez mais responsável por desaprender todos nossos impulsos, ímpetos, atitudes e comportamentos antivida.

Todos nós seres humanos temos deveres com a estruturação, com a conservação e com a funcionalidade de toda diversidade de vida existente no ecossistema terrestre.

Para mim o Biocentrismo advindo do princípio Biocêntrico é uma forma de sentir, pensar, agir, conviver, empreender e principalmente de educar, que:

Parte de uma reflexão continuada e progressiva sobre qual deveria ser a melhor qualidade de vida no mundo humano e no planeta terra;

Mostra didaticamente que todas as ações realizadas por todos os seres humanos na sua casa, na sua rua, no seu bairro, na sua cidade, no seu estado, no seu país devem sempre estar focadas no respeito, na manutenção, no desenvolvimento, e na perpetuidade da vida no planeta terra.

Um beijo no coração de todos, Luiz Carlos Faria. 

3.148 thoughts on “BIOCENTRISMO